terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Revendo minha história nos últimos anos, fiquei a pensar quantas vezes permiti que o amor de Deus se manifestasse em minha vida, em minhas ações, sem que eu colocasse algum impedimento. Não é fácil fazer este exame de consciência. Sinto-me desanimado, impotente. Vejo como sou pequeno, mesquinho, até. Eu ainda não consigo viver plenamente o ideal do Evangelho proposto por Jesus. Contudo, revendo a história da minha vida, sinto que muita coisa mudou nesses últimos anos.
Continuo pecador. Ainda erro bastante. Mas agora sei o que quero. Sei para onde estou caminhando e qual é a meta. Consigo agora discernir meus erros e determinar as correções que preciso fazer. Sem me prender ao passado, devo seguir em frente. E agradeço a Deus a oportunidade que Ele me oferece dia a dia: a graça de recomeçar, aprendendo a amar e a servir.
- Marcos Daniel Ramalho -

Um comentário:

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana!