sábado, 20 de fevereiro de 2010

Jesus, passando pela coletoria, viu ali sentado um homem chamado Levi, mais tarde conhecido como Mateus. Ele ordena a Levi que o seguisse, isto é, se tornasse seu discípulo. E assim aconteceu.
Levi, que era até então cobrador de impostos, convida Jesus, sus discípulos e seus amigos pessoais para com ele jantar. Ao verem o que acontecia, os fariseus perguntaram: “Por que vocês comem e bebem com os cobradores de impostos e com outras pessoas de má fama?” Jesus afirmou: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, e sim os enfermos”. (Lucas 5:30 e 31)
Discriminar determinados grupos de pessoas, eis algo que Jesus nunca fez e é algo que Ele espera que seus seguidores jamais o façam. Infelizmente nem sempre é assim.

Temos sido receptivos com as minorias no sentido de querer que também sejam atingidos pela mensagem da salvação para que venham a crer e receber o perdão e a salvação?
Queira Deus que não nos julguemos melhor que ninguém.
Queira Deus que saibamos receber e acolher os que vêm ao nosso encontro da mesma forma como Jesus acolheu.
- Egon Martim Seibert -

3 comentários:

Gracinda disse...

Muito obrigada por sua amável visita! Acabo de atualizar e estou te esperando! Bom final de semana! Bom carnaval! Paz, Luz e Harmonia!

Aliny disse...

Tetezinha pelo q entendi nao devemos descrimar nem julgar as pessoas...Eh isso??? se nao for me explica por favor.. Bjinhux

Reninha disse...

Tomara um dia possamos aprender a olhar os irmãos como Jesus nos olha!