terça-feira, 6 de março de 2012

Fé, sinceridade e fidelidade

Na liturgia de hoje, o profeta Isaías nos alerta para a prática de uma religião sem fé, ou de uma fé separada da vida, mostrando-nos a necessidade de nossa sinceridade e fidelidade. Deus manifesta Seu amor, mas o povo não Lhe corresponde. Infiel, o povo desvia-se do caminho da vida. Jesus rejeita e contesta o que não liberta nem traz a vida. Jesus não aprova o formalismo religioso que não traz o amor e a misericórdia.
Somos irmãos! Filhos do Pai criador e irmãos de Jesus. E os irmãos se estimam e não existe superioridade, ascendência entre eles. Um só é nosso guia e mestre, Cristo Jesus. Nada de exaltação dos poderosos, pelo contrário, o maior dentre vós deve ser aquele que serve. O Pai nos ama em Seu Filho, e nós o amamos também. Por isso, ninguém pode ser peso para o irmão.
- Pe. Ferdinando Mancílio -

Um comentário:

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki