sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Fé nutrida na oração e no serviço

No caminho que Jesus empreende da Galileia a Jerusalém, oferece aos seus discípulos instrução feita por palavras, gestos e ações. À pergunta de Jesus sobre Sua identidade, a resposta de Pedro é vigorosa: “Tu és o Messias!” Mas, o Messias a que Pedro se referia não tinha nada a ver com Jesus que vai a Jerusalém abraçar a morte para dar vida ao mundo. Um Messias sofredor não passa pela cabeça de Pedro.
Ao anunciar a paixão, Pedro tenta convencer Jesus a não ir a Jerusalém. Jesus, porém, o repreende e manda que se afaste porque todo aquele que tenta afastar alguém da vivência do projeto de Deus age de maneira diabólica. Grande deve ter sido a desolação de Pedro em ser repreendido tão fortemente. A advertência vale para hoje: agimos diabolicamente quando não somos capazes de nos empenhar verdadeiramente nas coisas do Reino.
Longe de nós os que, por obra do maligno, desejam nos afastar do caminho de Jesus e de Sua paixão, da Sua entrega e do Seu serviço. A fé, nutrida na oração e no serviço, é o melhor meio de afastar para longe os demônios que rondam o mundo de hoje.
- Magda Brasileiro -






2 comentários:

Ane disse...

"A fé, nutrida na oração e no serviço, é o melhor meio de afastar para longe os demônios que rondam o mundo de hoje. "
E que Deus nos ajude e abençoe.
Beijos!

✿ chica disse...

A fé deve ser sempre bem alimentada... Oportunidades não faltam! beijos,tudo de bom e acabei de atualizar o bebê lá, foros que fiz agorinha por l, no mesmo post.

Lindo fds!chica