quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Deus visita Seu povo

O Evangelho de hoje traz a narração da visita de Maria à sua prima Isabel. A mensagem é clara: por meio de Maria, que se fez obediente à Palavra, Deus visita o Seu povo (simbolizado em Isabel), e Seu povo O reconhece. Este reconhecimento é o cumprimento da história da salvação. A visita do Senhor, na verdade, é o sentido da história pessoal e coletiva.
Isabel não está grávida apenas de João Batista, mas de dois mil anos de espera. Maria, que vai ao seu encontro, carrega consigo o Eterno, esperado desde o início dos tempos. No seu encontro, abraçam-se o Antigo e o Novo Testamento, enlaçam-se a promessa e sua realização. Essas duas mulheres que se saúdam são sinal e símbolo de acolhimento.
Deus nos fala através de sinais. Seu primeiro livro é a natureza, que, por mil caminhos, aponta para Ele. Seu segundo livro é a história, na qual Ele se faz presente, intervindo para nos dar vida e liberdade. A página mais sublime deste livro se chama Jesus, em cuja vida, morte e ressurreição Deus nos fala!
 - Pe. Antonio José de Almeida -
 
Maria, minha Mãe
click e leia!

4 comentários:

✿ chica disse...

LINDA! Muito bem elaborada a mensagem!! beijos,tudo de bom,chica

Imac by Artes disse...

Querida amiga!
Amo essa passagem do Evangelho... é linda demais, e que lição de amor e doação que Maria nos dá.
Obrigada pela carinhosa partilha!
Abraços e dias abençoados pra ti.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida amiga Tetê
De perfil novo, hein!!! Que luxo!!!
Maria e Isabel me falam muito.... peço a Deus para que um dia seja um pouco das duas...
Bjs de Boas Festas

Cacilda disse...

Querida maninha!!
Sua afilhada me ensinou como deixar comentario.
Linda a mensagem do Pe. que você postou!!
Nós, muitas vezes, preferimos ficar no meio do caminho:
“Queria”, “gostaria”, “vou tentar”.À esses, Jesus deixa de lado, pois ele disse:“Seja o vosso sim, sim; e o vosso não, não” (Mt 5,37).
Aquele “sim” que Maria disse ao Anjo, na anunciação, foi tão decidido que ela o desdobrou pela vida afora, em pequenos “sins”, como este de ajudar Isabel, ou de pedir um santuário para acompanhar os seus filhos e filhas peregrinos na terra.
Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!
Uma semana carregada de bençãos, fique com Deus.
Sua mana Cacilda
Abração