sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Discernimento

Em Lc 12, 54-59 o raciocínio de Jesus foi simples: se vocês são capazes de ler os sinais da terra, por que não são capazes de ler os sinais de Deus? Jesus recorre a uma palavra forte: hipócritas! 
Assim somos nós: sabemos, pela cara da terra, dizer o que vai acontecer; discernimos bem nas coisas materiais, mas somos falhos de discernimento nas coisas espirituais. O nosso juízo não é o juízo de Deus... Conhecemos bem o que é útil para a vida material, mas ignoramos o que é necessário para a vida eterna; discernimos a cara da terra, mas não percebemos a face do Senhor.
Conseguimos fazer pesquisas em outros planetas com tanta tecnologia, mas por que não conseguimos nos dar bem com quem está do nosso lado? É melhor estar bem com quem está próximo e procurar unidade a partir daqueles que convivem conosco. Não é fácil, mas quem disse que tudo deve ser fácil?
A nossa vida é pontilhada de adversidades - os inimigos, o inferno, nos mesmos, os outros. O tempo presente nos é dado para a reconciliação e o entendimento, vivendo com o outro como irmão e tornando-nos, assim, misericordiosos como o Pai. Discernimento válido é o que vê na inimizade um apelo à conversão do próprio mal à misericórdia consigo mesmo e com os outros. É preciso saber entregar-se nas mãos de Deus e deixá-lO tudo conduzir.
O Pão Nosso de Cada Dia

5 comentários:

✿ chica disse...

E Ele sabe tudo conduzir tão bem! Linda mensagem! bjs, chica e ótimo fds!

Mariangela disse...


Precisamos infinitamente da misericórdia de Deus em nossas vidas, para vivermos bem, conosco, e com nosso próximo, e sermos conduzidos por Ele.
Beijos Tetê! Bom fds!!
Mariangela




















Mirtes Stolze. disse...

Boa tarde Amiga.
Um texto muito bom, dizer que amamos o próximo com a nós mesmo é fácil,mas praticar essa lei as vezes fica dificil. Por isso peço sempre meu Deus me conduza da maneira que mais lhe agrade.
Um lindo fds.
Um forte abraço.

Anete disse...


Discernimento, devemos buscar sempre...
Em Deus, encontramos o AMOR que precisamos p nos amar/gostar de nós mesmos e também o (do) próximo!

Beijos

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
Hoje estive no Santuário do Pai Eterno e seu nome ficou lá...
Estou tão serena que parece que tomei uma medicação...
Bênçãos por lá recebidas serão repartidas com vc e os demais amigos dos blogs...
Que Ele sempre nos conduza a caminho do bem maior!!!
Bjm fraterno