sábado, 4 de outubro de 2014

Restauração divina

Conta-se a história de um artista que, todas as manhãs, ia a pé ao seu estúdio e no meio do caminho diminuía a marcha a fim de admirar uma velha casa desmoronada e abandonada. Para o olho imaginativo do artista, havia qualquer coisa de fascinante naquela estrutura graciosamente desengonçada. Finalmente, atendendo a um desejo irresistível, comprou a casa, passou a morar nela e começou a fazer as melhorias com que sonhara durante meses. Finalmente no lugar da casa velha e feia surgiu uma casa de impressionante graça e beleza.
É precisamente isso o que Deus fez por mim e por você; por intermédio de Cristo, Ele nos comprou e, através da operação do Espírito Santo, entrou em nossa vida e tomou a direção. Foi o Saulo blasfemador, transformado no Paulo cristão, quem disse: “Cristo vive em mim; e este viver que agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” Gl 2,20. A vida de Paulo havia sido tudo, menos atraente ou bela, até que o próprio Cristo entrou e lhe remodelou a vida, de modo a que se adequasse aos propósitos de Cristo.
Na verdade, você e eu não fomos apenas adquiridos pelo amor de Deus, somos sua morada terrena. Convém que nos perguntemos diariamente: nossa vida reflete a beleza e a glória daquele que nos comprou e que vive em nós?
Herman W. Gockel

2 comentários:

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite amiga.
Estou esperando a restauração de Deus, a minha vida talvez não reflita a um servo do senhor, mais a minha fé reflete o meu amor por ele. Uma reflexiva postagem. Um lindo domingo.
Um forte abraço.

Mariangela disse...

Linda reflexão Tetê...
Quantas vezes reclamamos daquilo que possuímos ou de nós mesmos;Templo do Espirito Santo.
O que muitas vêzes passamos pode ser o fruto do que ofertamos.
Um linda noite amiga!
Beijos,
Mariangela