quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Eu não me envergonho!

O Evangelho é uma força para a salvação de todo aquele que crê, é como o fio condutor para toda a nossa vida. Fomos salvos pelo sacrifício de Cristo na cruz; Ele nos comprou com Seu precioso sangue e agora Lhe pertencemos. A partir desta verdade que podemos, sem nenhuma vergonha, dizer aos outros porque estamos felizes e seguros. Deus anda conosco e nossos atos são dirigidos pelo princípio da ética, do amor e do perdão. Nosso humor, nossas ações, nossas reações, tudo será diferente se o nosso fio condutor for a força de Deus.
Muitas vezes nos sentimos envergonhados por situações embaraçosas. Vergonha é um sentimento natural, um desconforto diante de situações que não gostamos. Mas então como explicar pessoas que têm vergonha do Evangelho? Compartilhamos tantas coisas com nossos amigos: uma boa nota, resultados positivos no trabalho, um carro novo, uma casa bem mobiliada, um telefone celular; e o Evangelho, não deve ser compartilhado?
Devemos colocar em prática a nossa vida cristã, nos envolvendo com o compromisso de anunciar o Evangelho e mais: vivê-lo em toda a sua plenitude.
Douglas Moacir Flor 

3 comentários:

✿ chica disse...

Pra que vergonha? Não é necessária! Cabeça erguida em sua palavra! bjs, tudo de bom!,chica

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
Sim, sem medo e sem vergonha alguma pois Deus é por nós!!!
Bjm fraternal

Anete disse...

Deus nos dá sabedoria, graça e ousadia para falar do Seu amor... Penso que o Evangelho deve ser expressado com atitudes e gestos da nossa vida... De uma prática e verdadeira... Sem baratear os Seus princípios!

Mensagem bonita, Tetê!
O meu abraço...