sábado, 17 de janeiro de 2015

O médico é para os doentes

Jesus come à mesa com pecadores (Mc 2,13-17) porque é justamente para os salvar que Ele veio - “Não vim para chamar os justos (vers. 17a). Eles estão entre os preferidos de Deus não porque sejam melhores, mas porque são os que mais necessitam. Seus críticos também precisam, mas não se dão conta disso: sua presunção é maior que sua necessidade.
Esse texto - Mc 2, 13-17 - causa certo incômodo entre os que frequentam a Igreja assiduamente; os mais fervorosos sentem-se excluídos. Jesus não exclui os que já participam do Sacramento, mas diz que esses já sabem o caminho ou entendem melhor esse caminho enquanto outros não. Há que se pensar com carinho nas ovelhas que estão fora, que não participam e que não veem razão no que fazemos.

O que você tem feito com relação a isso? Qual a sua atitude com ralação aos pecados dos outros? Qual a sua atitude em ralação a um irmão que peca? Senta-se à mesa com eles para ganhá-los ou joga pedras neles para os destruir? O seu testemunho atrai as pessoas para Deus?
Pe. Air José de Mendonça

4 comentários:

✿ chica disse...

Linda e faz pensar essa mensagem e leitura! bjs praianos,chica

Anete disse...

O nosso testemunho deve ser sincero, amigo e atraente...
Cheio da verdadeira vida com Deus!

Busco com muito amor os passos de Jesus...

O mundo precisa conhecê-Lo verdadeiramente...

Beijos

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Amiga.
Um belo texto, diante das suas perguntas, a minha atitude diante dos pecados dos outros, é não julgar, deixo para a unica pessoa com poder de fazer isso Deus, mostro diariamente as maravilhas que Deus faz na minha vida, mesmo com muitos aprovações existe em mim uma paz que com certeza vem do alto.Como disse Jesus todos nós somos pecadores, por esse motivo peço perdão a Deus diariamente, mesmo não enxergando os meus pecados, pois sem pecados na terra só existiu o seu filho Jesus Cristo. Um lindo domingo amiga.
Um grande abraço.

Imaculada disse...

Essa é a grande verdade!
Jesus não exclui ninguém...
Muito lindo saber disso, e viver com essa confiança. Grande abraço, amiga!