domingo, 6 de setembro de 2015

Ouçamos antes de falar

O Evangelho segundo Marcos, capítulo 7 versículos de 31 a 37 narra a cura de um surdo-mudo operada por Jesus; com o toque e as palavras de Jesus que disse “efatá”(abre-te), aquele homem voltou a ouvir e a falar perfeitamente. Saber usar esses dois sentidos talvez seja um grande desafio para os nossos tempos, pois, quando um falha, o outro sente as consequências; a dificuldade de audição acaba causando a dificuldade da fala.
As pessoas, quando não exercitam a capacidade de ouvirem umas às outras, também têm dificuldade para se entenderem e comunicar-se. Assim, essa passagem bíblica quer nos ensinar que talvez devêssemos aprender a ouvir primeiro para então podermos falar.
Frei Diego Atalino de Melo

5 comentários:

✿ chica disse...

Lindae grande verdade mas as pessoas falam sem pensar... bjs, chica

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
Incrível como todos falam descompassadamente sem ouvir... mal do século!
Bjm fraterno

Anete disse...

Ouvir é preciso, mas como é mais fácil falar e falar...
Rsss...
Todos temos necessidade de contar e desabafar... Devemos ouvir e estender a mão c palavras de Vida e Paz...

Bom feriado... Bjs... Aguardando o seu relato de bordo!

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Tetê!
Que boa verdade, tenho observado mesmo.
Acho que virou mania!
Vou aguardar o Diário amiga! rss
Beijos!
Mariangela

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Amiga.
Sabias palavras, devemos ouvir mais e falar menos, ter a paciência de ouvir é muito mais importante as vezes de muitas palavras. Estou com graves problemas familiares, questões de saúde, por esse motivo me afastei uns dias, agora tentando arejar um pouco a mente visitando vocês, mas talvez o meu tempo não permita ficar no virtual. Beijos.