domingo, 19 de fevereiro de 2017

Não ficará pedra sobre pedra

Jesus está com seus discípulos no pátio do templo (Mt 24,1-14) e fala da destruição do mesmo: “Aqui não ficará pedra sobre pedra”. O Mestre não deveria ser a favor do templo? Não era ele o lugar de adorar a Deus e de oferecer-lhe sacrifícios?
O templo simboliza a relação do Senhor com seu povo. Em sua fala Jesus quis salientar que a destruição do prédio não significa o fim da relação entre Deus e as pessoas; pelo contrário, é o início de uma nova e eterna relação de amor e acolhimento, não mais baseada em sacrifícios de animais, mas na fé.
A missão de Jesus continuou pelo testemunho dos discípulos que levaram a Boa Nova a todos os povos. No entanto, assim como Jesus encontrou resistência, também eles a encontraram, Mas, apesar das dificuldades, o Filho de Deus os encorajou a permanecerem firmes na fé, até o fim.
Hoje, cada vez mais, as pessoas são levadas a construírem templos de isolamento, onde cada uma vive sua fé particular e egoísta. Somos chamados a destruir em nós tais templos, que não levam a viver verdadeiramente a fé no Deus da vida. A fé da Nova Aliança, firmada no sangue de Cristo, nos convida a viver o amor a Deus e ao próximo.
Eloir E. Weber

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Fé e confiança

Temente a Deus, Jó foi tocado em tudo o que possuía e reduzido, física e emocionalmente, a nada. Não entendia por que tanto sofrimento... Seria castigo? Que fizera de errado para merecê-lo? Sempre fora generoso e compassivo, coerente, confiava em Deus, perdoava aos outros, abria as portas de sua casa aos necessitados, andava pelos caminhos do Senhor e buscava fazer o que era certo, segundo a vontade de Deus. Por quê?
Jó pode servir de modelo de pessoa íntegra, não há nada nele que manche sua reputação; na verdade, ele não estava consciente de estar passando por uma das mais duras provas de fogo e, mesmo sem entender o que se passava, permanecia fiel a Deus, reconhecendo sua providência. Um belo exemplo de fé!
Muitas vezes, e por muito menos, nós nos afastamos de Deus e O acusamos dos problemas que enfrentamos no dia a dia. Saiba que Deus não é o causador de nossos problemas; Ele é o nosso conforto e nos ama incondicionalmente. Se você está angustiado, aflito e passando por dificuldades, lembre-se de que no comando da sua vida está o Senhor da vida. Confie nele, seguindo o exemplo de Jó; entregue a Deus o seu caminho e deixe que Ele o guie. Certamente Ele sabe o que fazer e sua bondade e misericórdia duram para sempre.
Marcelo Müller

domingo, 5 de fevereiro de 2017

A pura verdade

A vontade do Pai é que prestemos atenção no que Cristo diz e demos ouvido à sua Palavra. Não devemos interpretar falsamente  a Palavra de Deus, tampouco colocar-nos acima dela, mas simplesmente ouvi-la. E, então, o Espírito Santo virá e deixará nosso coração bem preparado, para que, de coração, possamos crer e dizer: esta é a Palavra de Deus e a pura verdade.
Tranque a porta de sua razão e pisoteie sua sabedoria; ouça tão somente o que o Filho de Deus tem a dizer. Fazer isso é cumprir à risca a vontade do Senhor nosso Deus. E Ele prometeu dar o Espírito Santo àquele que ouve o Filho, iluminá-lo e dar-lhe vida, para que tenha a clara compreensão de que se trata da Palavra de Deus.
Castelo Forte - Meditações Diárias

domingo, 29 de janeiro de 2017

Cristo ao nosso lado

Dois problemas diferentes chegaram até Jesus; em ambas as situações, já não havia mais a quem recorrer Mt 9, 18-26. Ao receber o primeiro, ele colocou-se a caminho e, de repente, no meio do empurra-empurra da multidão, foi abordado pelo segundo caso. Estavam todos com pressa, pois uma menina morria. Parecia que não havia tempo a perder, mas a mulher queria apenas tocar as vestes de Jesus, acreditando que assim receberia a cura. Jesus dispensou-lhe todo o amor e dedicação, e elogiou sua fé tão simples e tão bela.
Chegando à casa da menina, encontrou um cenário desolador, afinal, a menina estava morta. Mas, o amável salvador não deixou de atender à família que sofria: com palavras carinhosas, trouxe a menina de volta, como quem acorda de um breve sono.
Hoje, o seu problema também pode ser grande; pode haver pouco tempo para resolvê-lo e talvez você já nem espere muito; é possível que alguns digam que não há mais jeito. Mas, Jesus o atenderá de maneira simples, carinhosa e até inesperada. Chegue aos seus pés com humildade e confiança; Ele não o deixará desamparado.
Assim como atendeu a todo tipo de pessoas quando esteve neste mundo, Cristo continua ao nosso lado hoje; Ele está pronto a nos dar toda a atenção que precisamos, qualquer que seja a situação.
Herivelton Regiani

domingo, 22 de janeiro de 2017

O tempo de Deus

As histórias da vida dos personagens do Antigo Testamento nos dão bons exemplos de fé, perseverança e paciência, em especial as de José; elas mostram como Deus atua diretamente na vida dos seus amados filhos.
José havia passado por muitas tribulações dentro de sua própria família, devido à inveja de seus irmãos. Ele passou um tempo na cadeia e não havia nenhuma expectativa de sair de lá. José não esmoreceu, não duvidou e não permitiu que sua fé em Deus vacilasse, e Deus não o decepcionou; a seu tempo, Ele interveio na vida de José.
Muitas vezes, não entendemos os caminhos do Senhor e perguntamos por que Ele nos faz passar por tribulações. Deus age no seu tempo: seus caminhos, seus pensamentos são muito diferentes dos nossos; de nossa parte, resta proceder como José tendo paciência e não permitindo que a nossa fé vacile. E Deus, a seu tempo e a seu modo, nos recompensará, como recompensou José, dando-lhe muito mais do que imaginava. Deus enxugará as lágrimas e transformará o mal em bem. Tenha certeza disso!
Ricardo E. Sander

domingo, 15 de janeiro de 2017

Que importância tem a oração?

Cada pessoa sabe da importância que a oração tem em sua vida. Há pessoas que se preocupam quanto ao rezar muito ou pouco; outras vivem em estado de oração - fazem de cada momento um louvor, uma súplica, uma ação de graças. Que importância tem a oração?
A palavra importância tem a raiz em in-portar, isto é, levar para dentro, filtrar pelo coração, passar pela interioridade. Orar é deixar fluir palavras de uma força que leva, que carrega para dentro daquilo que é o mais fundamental da vida, e depois remete para fora.
A oração é o olho que capta a luz, é clarividente e sensorial; não é o que fazemos ou o quanto fazemos, mas é, acima de tudo, um modo de ser, um estar no espírito e nas práticas dizendo e agradecendo por tudo que vem e volta para o Senhor.
Frei Vitório Mazzuci Filho  

domingo, 8 de janeiro de 2017

Sombra e luz

Pecado e graça são duas realidades sempre presentes no horizonte humano. Enquanto transitamos na história, no tempo, estamos sempre sujeitos às contradições inerentes à nossa condição de criaturas.
Por essa razão, existe no coração humano o anseio pelo eterno, pelo perfeito. Todavia, eternidade e perfeição são dimensões que vão além do material, do presente.
Somente espíritos que superam o material e o imediato conseguem vislumbrar o eterno, o perfeito. Esse horizonte do ser humano o abre à realidade maior, Deus, que dá sentido a nossa vida e resposta às nossas buscas mais profundas.
Pe. Marcelo C. Araújo