sexta-feira, 31 de julho de 2009

Mansidão

Viver no Espírito é viver segundo a vontade de Deus.
O viver no Espírito produz o fruto do Espírito, que é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio (Gl 5.22,23).
O fruto do Espírito, portanto, é o conjunto de virtudes que o Espírito Santo produz em nós, que nos leva a viver segundo a vontade de Deus. E a mansidão faz parte deste conjunto.
Y
A palavra mansidão foi aos poucos mudando de sentido. No Antigo Testamento, mansidão é prioritariamente uma atitude de completa dependência diante de Deus e a conseqüente aplicação desta disposição no relacionamento com os outros. No Novo Testamento, a mansidão está associada a um estado de espírito diante de Deus e a uma disposição de mente diante do próximo.
Diante de Deus, mansidão é a "marca da humildade". Diante do próximo, mansidão é “perder uma discussão, sem se exasperar”; “ter a capacidade de se controlar diante daquilo que nos irrita”; “ser livre do espírito de vingança, mesmo diante da provocação”.
Mansidão não pode ser confundida com covardia, timidez ou falta de firmeza. Não deixamos de ser mansos quando lutamos para que a verdade apareça, os erros sejam corrigidos e a justiça seja feita. A questão está na forma e no espírito com que lutamos. Precisamos ter a atitude certa e a ação correta, na ocasião própria.
Y
Mansidão não é algo que nós produzimos; é o Espírito Santo que produz em nós esta virtude. Portanto, só podemos vivenciar a mansidão quando submetemos a nossa vida e as nossas ações à direção do Espírito Santo.
- Adão Carlos -

2 comentários:

Anjinho de Deus disse...

Olá Tetê! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Bom final de semana!Paz e Bem!

Samantha: disse...

A Paz de Jesus e o Amor de Maria! Tudo bem? Espero em Deus que sim! Muito bom esse seu post! Boa reflexão! Obrigada por sua visita! Atualizei agorinha!