terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pecado ecológico

Tudo o que nós somos e fazemos se acha mesclado pelo pecado, ou seja, por nossa alineação em relação a Deus e consequente egoísmo, razão que exercemos o senhorio sobre a criação com tirania estúpida. No entanto, a graça de Deus se acha igualmente em nós e é ela que deve ser dominante. O pecado e sua manifestação concreta, latente, poderiam ser no máximo recaídas ocasionais, das quais logo nos arrependêssemos.
Nada justifica o furor com o qual os seres humanos atacam e massacram a natureza. Em nome da sobrevivência humana, espécies animais e vegetais são extintas, e florestas são destruídas por constantes incêndios.
Maldade? Insensatez? Suicídio a longo prazo?
Y
Com efeito, o mundo criado,
aguarda ansiosamente a
manifestação dos filhos de Deus.
Rm. 8:19
Y
Quanto tempo, ainda, o mundo criado por Deus, a natureza, aguardará a manifestação dos filhos de Deus?
- Egon Martim Seibert -

Um comentário:

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!