domingo, 31 de janeiro de 2010

O verdadeiro amor nunca se fecha sobre si mesmo, mas sempre se abre para os outros e sempre olha os interesses dos outros. O amor não é uma isca amarrada na ponta de um anzol. O amor é flecha que parte e fica, para dar vida. Assim fez Jesus, numa escala universal, de modo que somos beneficiários dos pregos de sua cruz.
E é com esse amor que Jesus nos move a amar os nossos semelhantes. Tenhamos em mente que o amor não nos dará glórias nem fará de nós seres citados em toda parte. O amor se revela e se esconde em Cristo, que se ocultou e se esvaziou por nós.
- Martinho Lutero Hoffmann -

3 comentários:

Aliny disse...

Tetê vejo esse texto como uma parabola..entao vou tentar responder da maneira q entendi..q qdo doamos nosso amor nao recebemos a gloria do ceu e q faz parte doar Amor sem receber nada em troca pq doando pensando em reconpensas nao eh amor..e foi assim q Jesus nos amou..amiguinha espero q vc entenda :) Bjinhux e otima semana

MARY disse...

Oi,Amiga Tetê! Saudades!
Belo texto de Lutero, postado aqui no Manancial.
Serei Avó novamente nos próximos dias,então estou em função do Bebê que está chegando!
Mas hj postei na minha Cozinha, uma Receita de "dar água na boca"!!!! Rsss...
Uma Ótima Semaninha pra Vc!
Beijinhos,
MARY.
PS: Essa semana conversei por telefone com aquela minha Amiga,que mora aí em Araruama.Falei pra ela que tenho uma Querida Amiga Virtual,chamada Tetê!
Ela ainda faz as Tortas Diets,que te falei,lembra?
Mas está fazendo bem menos. Ela faz para uma Loja perto da Prefeitura!

Marizza Semeadora disse...

É muito gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Melhor que isso é vir retribuir e encontrar um post magnífico como este! Muito obrigada pela visita! O que você tem semeado? Aquilo que você semear, isso também colherá. Semeia para o Espírito e do Espírito colherá vida eterna. Deus te abençoe!Paz e Bem!