sábado, 6 de agosto de 2011

Transfiguração do Senhor

Ler a Bíblia é um hábito saudável que precisamos ter no nosso dia a dia. Interpretar a Palavra de Deus com nosso raciocínio é impossível. Só o Espírito Santo poderá nos revelar a mensagem que cada passagem lida se faz necessária a nós.
Click aqui e leia as leituras de hoje e o comentário sobre o Evangelho.

Nossa fé conduz-nos à transfiguração de Cristo no monte Tabor. Lá no alto do monte Jesus manifestou-se aos seus discípulos em todo o esplendor de Sua divindade. Ele antecipa a luz que o envolverá na noite da ressurreição e nos transmite a certeza de nossa ressurreição. A fé vivida com intensidade cada dia transforma-nos, até chegarmos à plena transfiguração.

É possível ficar boquiaberto e nada entender sobre a transfiguração de Jesus. Pedro, Tiago e João, acompanhantes de Jesus neste episódio, viram de perto que o Jesus que brilhava era o fiel prometido. Como nossos representantes humanos, eles ficaram com medo e igualmente maravilhados.
As figuras de Moisés e Elias representavam respectivamente a Lei e os Profetas e havia uma predominância sobre Cristo que brilhava, pois assiim era proclamado a respeito do Messias Salvador. O evangelista cita que a voz ouvida indicava o Cristo autorizado, credenciado, eleito, amado pelo Pai. O brilho de Seu rosto e de toda a Sua veste era o indicativo didático: este é o prometido, deem atenção a Ele, escutem o que Ele vai falar.

Será que Jesus ainda está brilhando em nossos corações e vidas?
Luzes foscas e opacas da modernidade tentam de todos os jeitos descrendenciar o Cristo, Ele continuará brilhando e, entre aqueles que têm coragem para crer, verão o final da história com muito brilho e satisfação.
- Arnaldo Hoffmann Filho -

Um comentário:

Mabel disse...

Olá querida! Estamos cercados de sinais. Eles testemunham, comprovam, manifestam e revelam o que sutilmente estão codificados nas mensagens. Fico feliz de encontrá-la em meu blog Sinais! Beijos Mabel