terça-feira, 14 de agosto de 2012

Sejamos como crianças

Os discípulos de Jesus, lançaram diante dEle uma questão: quem era o maior no Reino dos Céus? Jesus, chama uma criança, coloca-a no meio deles e lhes diz: “Eu vos garanto que se não vos convertertes e nos vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus”.
Uma verdadeira lição de humildade que, certamente, tem valor para os nossos dias também. Por acaso estamos nós, em pleno século XXI, livres de pessoas que se julgam maiores e mais importantes que outras nas igrejas? Por acaso não existem os que buscam, nas paróquias e comunidades espalhadas pelo mundo, prestígio social, posições de destaque, honra e glória?
Pois bem, a busca de honra humana, de fama ou de uma posição elevada na Igreja, impedem pessoas de alcançar a vida eterna. Por isso Jesus afirma que se os discípulos não saissem do caminho da vaidade, se não se tornassem como crianças, se não se cobrissem de mansidão e de simplicidade, não entrariam no Reino dos Céus.

Que essas palavras duras de Jesus nos sirvam para que nos exanimemos para ver se em nossos corações também não existe a semente da vaidade, do orgulho, de se “achar” o grande, o maior... E, se porventura a descobrirmos, arrependidos a arranquemos seguindo no caminho que Deus nos recomenda: o da humildade que deseja que o nome de Deus cresça e o nosso, diminua.
- Egon Martim Seibert -

Um comentário:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Tetê
João tinha toda razão ao nos dizer: Convém que ELE cresça e que eu diminua... Perfeito!!!
Não somos deuses...
Hoje foi legal demais, viu???
A sua calorosa acolhida me deixa muito feliz e outras tardes lindas como esta acontecerão... para estreitarmos ainda mais a nossa amizade...
Deus te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Bjs festivos de paz