quarta-feira, 22 de maio de 2013

Diálogo e comunhão

No nome de Jesus, a Igreja abraça a todos e não exclui ninguém, não há guetos, seitas, divisões... As divisões na Igreja são sinal de que não temos ainda o Espírito do Filho, que, conhecendo o amor do Pai, deu a Sua vida por todos os irmãos. Quem exclui alguém não é cristão! Um dos grandes perigos da Comunidade cristã é fechar-se sobre si mesma. E, assim, tudo o que não está de acordo com suas próprias idéias é negado ou neglicenciado. Não podemos ficar fechados em nós mesmos, em nossas idéias, mas iluminar nossos pensamentos e ações com a Palavra do Senhor, que nos liberta, orienta e salva.
Não somos donos da verdade nem os melhores do mundo. Tantas coisas nos unem às pessoas de outras culturas, grupos sociais, religiões e denominações... Se podemos somar, por que dividir? Jesus nos mostra que quem não está contra Ele está a Seu favor e tudo o que vem favorecer e defender a vida e a dignidade das pessoas não está contra o Reino de Deus. Sejamos, pois, cristãos abertos e que dialoguem com os outros. (Pe. Antonio José de Almeida)
 
Conexão com o Alto
click e leia

2 comentários:

✿ chica disse...

Diálogo,m sempre necessário! beijos,tudo de bom,chica

Cacilda disse...

Boa noite querida maninha!!
Li seu e-mail e vim direto para o Manancial, se não responder hoje respondo amanhã!
Seu texto é para fazer uma reflexão .
O importante é fazermos a nossa parte,ajudando aqueles que não estão somando e assim quem sabe existira menos divisão.
Maninha estou fazendo uma novena à Nossa Senhora Aparecida,vc e família estão em minhas orações!
Um abraço fraterno bem apertado!