terça-feira, 28 de maio de 2013

Vivemos um paradoxo

Vivemos no século da luz, do brilho e do progresso. Vivemos no século da penumbra, das trevas e da ignorância. Esse paradoxo é a verdade de nossos dias. Enquanto há muita luz e progresso no campo da ciência, da arte, da técnica e da cultura, há, ao mesmo tempo, muita treva e ignorância no campo espiritual.
Jesus, o Filho de Deus, conhecendo estas trevas espirituais, baixou à terra e apresentou-se da seguinte maneira: Eu sou a luz do mundo! Cristo é a luz que veio dissipar as trevas do pecado e encher o coração daqueles que O aceitam como Salvador com raios de luz que são: fé, amor, paz, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, confiança e esperança. Aos que abraçam o Salvador, Ele diz: Quem me segue, não andará nas trevas, pelo contrário, terá a luz da vida eterna. 
É um seguimento exigente, pois é necessário renúncia, mas, ao mesmo tempo, em que Ele nos pede para deixar tudo também oferece o centuplo. É perder tudo o que é passageiro para ganhar o que dura para sempre: Seu amor e Sua salvação! (Leopoldo Heimann)
 
Seleção de Salmos
click e leia

Um comentário:

✿ chica disse...

Lindas palavras, bem trazidas sempre!beijos,chica