segunda-feira, 24 de junho de 2013

Pior erro e maior loucura

Por causa de uma desavença durante uma partida de baralho, um jovem norte-americano matou seu parceiro, foi detido, julgado e condenado à morte. Um dia, a porta de sua cela se abriu e entrou um homem que o condenado confundiu com um capelão. “Saia daqui, não queri te ver! Já ouvi falar bastante de religião em casa”, gritou o prisioneiro. “Jovem, escute-me”, falou o visitante, “eu lhe trago uma boa notícia”. O prisioneiro ameaçou expulsá-lo à força e o homem foi embora...
Alguns minutos mais tarde, entrou na cela um guarda e disse que o visitante que acabara de ser expulso era o próprio governador. Ele havia recebido a petição em favor do preso e fizera questão de levar pessoalmente a carta que informava o perdão ao condenado. “Como?! Me dê um papel e um lápis rápido”, exclamou o sentenciado, absolutamente chocado. Escreveu ao governador pedindo desculpas e suplicando que voltasse com a carta de perdão. Porém, quando o governador recebeu o bilhete, escreveu na margem: “Esse caso já não me diz respeito”. O assassino morreu dizendo: “Morro porque recusei o perdão que me ofereceram”.
Esse relato antigo, porém verdadeiro, ilustra o trágico desprezo à graça de Deus. Seu Filho, Jesus Cristo, veio em pessoa para anunciar o perdão de Deus. Recusá-la é o pior erro e a maior loucura que um ser humano pode cometer em vida! Depois, na eternidade, não existe remédio. (desconheço o autor)
 
Assim nos falam os Santos
click e veja o que eles têm a nos dizer 

3 comentários:

✿ chica disse...

Lindo exemplo nessa história de como se podem perder as oportunidades, por desprezar outros. beijos,linda semana,chica

Orvalho do Céu disse...

Oi, querida Tetê
Tomara que eu aceite o perdão de todos os meus erros no alvo que o Senhor me concedeu!!!
Uma linda semana pra VC!!
Seja abençoada e feliz!!!
Bjm de paz e bem

Cacilda disse...

Boa noite querida maninha!
Amei a mensagem linda simples e verdadeira!
Mana preciso de suas orações!
Uma semana abençoada à você e família!
Abraços
Cacilda