quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Amor e misericórdia

Jesus vai ao encontro das pessoas e dirige-lhes a palavra que transforma e faz viver de novo; Ele não olha a condição social ou racial. Deus ama a todos, e Seu projeto, Sua presença que conforta e cura, é para todos que permitirem e o buscarem com desprendimento.
O projeto de Deus não é exclusivista, a própria mensagem envolve e acolhe, basta permitir e acreditar. E tudo isso ao reconhecer que não merecemos nada, não temos mérito, honra ou valor. Tudo se dá pela graça, pela bondade de Deus. Isso é amar; o amor respeita, cuida incondicionalmente, mas ensina, liberta e faz crescer, amadurecer. Não é paternalista, é Pai e a primeira lição, talvez a mais difícil a aprender, é a humildade; e essa é a mais necessária.
Para participar do projeto de Deus temos que reconhecer todo o mérito dEle, abrir mão de qualquer falso valor atribuído a nós mesmos, pois só assim podemos abraçar o valor maior que todos: a Graça. Viver verdadeiramente a fé é manifestar a misericórdia de uns para os outros. A lei maior de Cristo é Seu amor e Sua misericórdia; essa lei não pode faltar na vida de quem se afirma pessoa de fé.

Senhor, que meus sonhos, meus projetos e minha força se voltem plenamente a Ti. Que eu tenha força de me esvaziar para ser preenchida pelo Teu amor. Amém!
Clauzemir Makximovitz

2 comentários:

✿ chica disse...

A frase final., vale muito e se a falarmos sempre,é bom demais! bjs, chica

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Tetê
Me fez lembrar da oração de Inácio de Loyola: Tomai, Senhor!!!
Bjm fraterno