terça-feira, 10 de junho de 2014

Cheios do Espírito Santo

Como os discípulos mudaram! Primeiro, trancavam-se, cheios de medo dos judeus; mais tarde, porém, estavam contentes apesar dos açoites e da proibição de falarem em Jesus. Após o Pentecostes, todos eles conseguiram vencer seu medo e covardia. Agora tinham certeza do que pregavam.
Agora eles notavam que Jesus estava com eles e os ajudava em todas as dificuldades; o fogo da fé que Jesus havia acendido em seus corações estava bem vivo. Não era mais como tinha sido no jardim do Getsêmani, onde todos fugiram e Jesus teve que sofrer sozinho... Isso não agradava ao Sinédrio e aos líderes do povo e eles colocavam as testemunhas de Jesus em prisões, mas logo elas eram libertadas de maneira maravilhosa. E lá iam novamente os apóstolos ao templo para falar em Jesus! Mais uma vez eram presos e levados diante das autoridades. Por amor a Jesus, eles arriscavam suas vidas.
Desprezo e gozações, muitas vezes, nos machucam e fazem com que a gente fique com vergonha e medo de falar do Salvador; ficamos tristes por isso, mas não precisa ser assim: Jesus pode fazer você e eu sermos tão fortes e corajosos como os discípulos. Peçamos que Jesus nos faça fortes e corajosos.
Ruth Reuter 

Um comentário:

✿ chica disse...

Esse medo do desprezo não deve existir.Respeito é uma coisa que deveria existir. Cada um faz o que quer, pensa o que quer e tem a religião ou não que quer. Coisas básicas,né? beijos,chica