sexta-feira, 13 de junho de 2014

Paciência e calma na provação

Os heróis da fé, do alto posto que conquistaram não apenas nos lembram a necessidade de fé, mas também daquela paciência pela qual a fé tem a sua obra completada.
Só há uma coisa que eu temo”, dizia um ferreiro, “é ser lançado na pilha de ferro velho... Quando vou temperar uma peça de aço, primeiro a aqueço bem, depois a golpeio, então, rapidamente mergulho-a no balde de água fria. Logo vejo se vai aguentar a têmpera ou não. Quando descubro, após uma ou duas provas, que aquele aço não vai aceitar a têmpera, jogo-o na pilha de ferro velho e vendo-o por qualquer bagatela”.
Assim também eu vejo que Deus me prova com fogo e água fria e severos golpes do Seu pesado martelo; e se não estou disposta a passar pela prova, ou não sou achada adequada para receber a Sua têmpera, receio que me lance na pilha de ferro velho.

Quando o fogo estiver mais quente, fique calmo, pois haverá um abençoado “depois”. É do sofrimento que brota uma vida santa. Provando-nos Deus nos tornará como ouro, se nós suportarmos o processo.
Lettie Cowman

Um comentário:

✿ chica disse...

Nas provações temos que ter calma mesmo...São testes! Lindo fds, beijos,tudo de bom,chica