terça-feira, 2 de junho de 2015

O milagre do amor

O extraordinário, o diferente, o inusitado sempre exerceram fascínio no povo. O mesmo se diz sobre o milagre; para muitos, o milagre é o único sinal de santidade aceito: se não há milagre, a pessoa não é santa; o que não corresponde à verdade.
Jesus realizou muitos milagres, mas proibia os favorecidos que divulgassem o fato; não queria ser conhecido como mágico, como fazedor de milagres. É fácil seguir um líder vitorioso, mas Ele queria ser seguido por causa de Seu projeto. O evangelista João nem sequer usou a palavra milagre, preferia dizer sinal - tratando de um gesto com significado preciso. “Foi, assim, em Caná da Galileia que Jesus começou seus sinais” Jo 2,11.
Com Seus milagres, Jesus quis dizer que o mal estava sendo vencido. Nós, cristãos, não temos obrigação - e possibilidade - de fazer milagres. O grande, o maior dos milagres pedido ao cristão é o amor. O importante não é o sucesso, mas aquilo que é feito com amor.
Frei Aldo Colombo

6 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
E fazendo por amor dá tudo certo demais!!!
Bjm fraterno

Anete disse...

O Amor faz milagres...
Mensagem bonita! Deus é Amor em todo tempo...

Que nosso coração esteja sempre cheio de AMOR...

Bjs

✿ chica disse...

Quanta verdade, sobretudo nesse parágrafo final. L9indo! bjs, tudo de bom e Marina está que dá vontade de morder,rs chica

Mariangela do Lago Vieira disse...

Com amor tudo fica melhor Tetê!
Linda mensagem.
Beijos, e uma boa noite!
Mariangela

Bell disse...

Amor sempre!!

bjokas =)

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia querida Amiga.
Que bom é está aqui, nesse espaço abençoado, lendo a sua postagem. Com certeza o amor faz milagres, com fé, amor a Deus, os milagres ocorrem sempre. Um lindo més de junho amiga, que seja um més de muitos milagres de todos nós. Um forte abraço.