domingo, 7 de agosto de 2016

Grande recompensa

O mundo estava praticamente recomeçando depois de duas catástrofes: o dilúvio e a queda da Torre de Babel; a vida de Abraão marca essa nova história. Deus, que por ocasião do dilúvio se arrependeu de criar o ser humano, agora deseja abençoá-lo de forma especial a partir de Abraão.
Deus promete abençoar Abraão de todo perigo (Gn 15, 1) e dar-lhe um filho em sua velhice, mesmo sendo Sara estéril; a sua família seria abençoada e mais numerosa que a soma das estrelas no céu. Curiosamente, o grande homem de Deus, que seria pai espiritual da humanidade salva, tem dificuldade para aceitar que isso seria possível.
Independente de Abraão e de suas inseguranças, Deus recompensa-o, dá-lhe um filho biológico e, a partir dele, muitos filhos espirituais; eu sou um deles e imagino que você, também. E, assim como Abraão, temos dificuldades para crer nas alianças e promessas que Deus nos faz, pois facilmente descumprimos aquelas que fazemos. É por essa razão que Deus insiste em falar conosco através de sua Palavra: Ele quer renovar em nós o que nos diz e promete.
Roberto Kunzendorff Jr.

6 comentários:

✿ chica disse...

Linda e forte mensagem,Tetê! Que teu domingo seja lindo! bjs, chica

Clau disse...

Oi Tetê,
Que mensagem bonita...
Deus nunca vai faltar em todas as Suas promessas,
afinal não há impossível para Ele.
Beijos!

Roselia Bezerra disse...

Boa Tarde, querida Tetê!
Semrpe no aguardo das Promessas de Deus!
Bjm muito fraterno

Anete disse...

As promessas do Senhor são fiéis!
Bonito texto...
Uma boa semana... Bj

Bell disse...

A palavra de Deus não muda e não falha.

bjokas =)

Mariangela do lago vieira disse...

Nós sempre poderemos confiar nas promessas de Deus.
Ela é a única que não falha!
Uma linda tarde querida Tetê!!
Beijos,
Mariangela