quarta-feira, 5 de abril de 2017

Salvação e reconciliação

Deus nos criou à sua imagem, como sua propriedade, para uma vida responsável e de comunhão com Ele. Deus enviou seus mensageiros, profetas e sacerdotes, e, enfim, seu Filho amado: o povo, porém, rejeitou a todos; não reconheceu Jesus como o enviado do Pai, rejeitou-o, torturou-o e pendurou-o na cruz.
Com certeza você argumenta: “Que povo idiota! Tem o Salvador ao alcance da mão e o rejeita! Que chance desperdiçada!” Mas não acontece o mesmo também hoje? Toda vez que rejeitamos Jesus ou achamos que não precisamos dele, também nos tornamos culpados da sua morte.
Deus permitiu que um inocente morresse no lugar dos culpados e assim abriu-se o caminho da reconciliação entre Ele e nós. O que parecia uma catástrofe, transformou-se em salvação para aqueles que creem no sacrifício de Jesus.
Rubens Horst       

2 comentários:

✿ chica disse...

Profundo e lindo,Tetê! Gostei! E resp0ndendo: Santiago estava em outro lugar com a Neca,rs Por isso não apareceu! bjs, tudo de bom,chica

Anete disse...

Mensagem muito oportuna. O ministério de Jesus é lindo, reconciliação! A alegria da salvação é incomparável!...
Bjs e depois dê uma olhadinha no post dia 30/ Vida & Plenitude, gostará...