domingo, 30 de janeiro de 2011

O desafio da fé

Ler a Bíblia é um hábito saudável que precisamos ter no nosso dia a dia. Interpretar a Palavra de Deus com nosso raciocínio é impossível. Só o Espírito Santo poderá nos revelar a mensagem que cada passagem lida se faz necessária a nós.
Click aqui e leia as leituras de hoje e o comentário sobre o Evangelho.

Entro numa banca de revistas e leio as chamadas de capas de algumas publicações: algumas prometem me ensinar a investir melhor meu dinheiro e formas de obter sucesso na carreira profissional. Outras sugerem dietas para perder peso, além de dicas para um corpo perfeito. Nas capas e propagandas, homens e mulheres dotados de grande beleza, exalam charme e sedução, o mundo celebra a riqueza, o poder, a beleza, a inteligência e a velocidade. Cada um por si, diz o mundo.
Existem os grupos em defesa da ética, da justiça e da honestidade. Mas, na maioria das vezes, ficam perdidos e esquecidos. Quem acredita de fato, em ética e justiça quando o mundo se perde e se acomoda no meio de tanta cobiça, de tanto barulho e publicidade?
E a fé nos desafia... provoca nosso coração à sabedoria de Deus.
A fé nos desafia a sermos solidários, a socorrer e proteger os mais fracos, a crescer na comunhão. A fé nos desafia a encontrar forças na fraqueza, a descobrir alegria na pobreza, a buscar sabedoria, e não apenas razão. “Quem quiser ser o primeiro, seja aquele que serve”, dizia Jesus...

Estamos realmente prontos para o desafio da fé?
- Marcos Daniel Ramalho -

3 comentários:

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

Samantha: disse...

A Paz de Jesus e o Amor de Maria! Tudo bem? Espero em Deus que sim! Muito bom esse seu post! Boa reflexão! Obrigada por sua visita! Atualizei agorinha. Beijinhos e uma semana abençoada! Samantha

Maria Luiza disse...

Tetê, profundo artigo de Marcos Daniel Ramalho. realmente a fé nos desafia a crer na esperança, a fé nos desafia a crer que Deus não nos abandona. Obrigada por esta profícua postagem. Aquele abração!