domingo, 16 de fevereiro de 2014

Amor e justiça

Os judeus falavam com orgulho da Lei da Moisés, pois nela podiam encontrar tudo o que necessitavam para serem fiéis a Deus. O estilo de vida que Jesus propõe é novo, mas suas raízes estão no Antigo Testamento. Jesus não rompe com a lei, mas a leva à sua máxima perfeição; Ele não elimina o que é bom e válido na fé e na moral de Seu povo, o que Ele faz é apontar para uma perfeição maior.
Jesus busca a vontade de Deus a partir de uma experiência diferente. Ele sente Deus procurando abrir caminho entre os seres humanos para construir com eles um mundo mais justo e fraterno. Jesus não veio jogar fora o patrimônio legal e religioso do Antigo Testamento; veio dar plenitude, ampliar o horizonte do comportamento humano, libertar a vida dos perigos do legalismo.
Nosso cristianismo será mais humano e evangélico quando aprendermos a viver as leis, normas, preceitos e tradições como Jesus as vivia: buscando este mundo mais justo e fraterno que o Pai quer. 
José Antonio Pagola

Mais sobre o Evangelho de hoje? Laços de Pentecostes

4 comentários:

✿ chica disse...

Amor, justiça e fraternidade...Precisamos muito e sempre! bjs,chica e tudo de bom!

Maria Luiza disse...

Até que enfim, refrescou e eu consigo ficar mais tempo por aqui, no PC e visitar minhas amigas queridas, como vc, minha linda! Acabei de chegar lá do Laços e sua postagem está muito bacana! Parabéns! Domingo será a minha vez e não posso esquecer! Grande abraço e feliz semana!

Edite disse...

Lindo Tete. Vi tb sua publicação lá no laços , que completa perfeitamente esta . Sem amor e sem perdão a vida se fragiliza.Bjs

Dorli disse...

Oi Maria Luiza
O que está faltando na humanidade é amor, se você não tem não da.
A nossa vida é dirigida por Deus e, quando chegar a nossa hora temos que prestar contas, portanto sejamos leais, ninguém é melhor que ninguém.
Obrigada pelo carinho
Beijos
Lua Singular