sábado, 15 de fevereiro de 2014

Tenho sede, Senhor!

As mulheres, na época de Jesus, eram subjugadas pelos homens; sofriam todo tipo de preconceito e a lei era muito mais pesada para elas do que para eles. Mas Jesus estava sempre rodeado de mulheres pobres, destinadas ao abandono e miseráveis que O seguiam. Jesus nunca tratou ninguém com ódio ou desprezo.
Em Sua peregrinação, Jesus se encontrou com uma mulher samaritana; Ele, judeu, os judeus desprezavam os samaritanos e mais ainda as mulheres samaritanas... é a essa mulher desprezada que Jesus pede água e se revela. Jesus conhece os detalhes da vida daquela mulher, sabe de sua dor, de suas angústias e medos; conhece suas necessidades e tocou seu coração tão sofrido.
Jesus não se incomoda com o fato dela ser samaritana, de já ter tido vários maridos, de ser mulher... Ele quer saciar sua sede e oferece a água viva de Sua Palavra. Água que tem o poder de saciar a sede física e a necessidade espiritual.
A mulher samaritana representa todos os discriminados; pessoas para as quais poucos dariam atenção e Jesus está sempre pronto para dar a água viva a quem dela precisa, a quem tem sede. De que temos sede?
Sede de atenção? De amor? De reconhecimento? De paz? De felicidade? De uma história de vida com significado? Se temos sede Jesus vem ao nosso encontro, não repara em nossas vestes rasgadas, tampouco em nosso coração ferido. Ele vem, gasta tempo conosco e nos oferece a água que nos restaura!

Senhor, eu tenho sede. Na miséria dos meus pecados, eu tenho sede. No futuro que me amedronta, eu tenho sede. No presente que me entristece, eu tenho sede. Eu quero água, Senhor. Eu quero água viva, água que me lava e me alimenta; eu quero esse alimento, Senhor. Obrigada, porque apesar de tantos que não me veem, não me reconhecem, não gastam tempo comigo, o Senhor está aqui. Fica mais tempo, Jesus; Tua conversa me dá vida nova. Amém!
Pe. Marcelo Rossi 

3 comentários:

✿ chica disse...

Beleza de palavras,Tetê!! Todos temos sedes de tantas coisas! bjs, lindo domingo!chica

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Tetê
Me. Teresa teve uma sede incrível e sabemos bem no que deu também...
O seguidor está sempre sedento ainda que totalmente saciado...
Bjm fratenro

Claudete disse...

Sede e Fome de Amor principalmente, belo texto Tetê , aqui e no Laços parabenizo-a pela unção . Obrigada por sempre ter o que aprender com você.Boa Semana.