terça-feira, 11 de março de 2014

Deus não quer excessos

A Palavra de Deus penetra a existência humana; é como a chuva que cai e fecunda a terra e faz a semente germinar. A Palavra nos conduz para dentro do coração do Pai e, como Jesus, podemos contempla-lO.
Querer que cada letra da Bíblia seja uma verdade absoluta é um completo equívoco; as palavras são espirituais, portanto, não podem ser interpretadas ao pé da letra. Temos que cuidar, pois a diferença entre o remédio e o veneno está apenas na dosagem... Mesmo nas coisas divinas, tudo o que é exagero faz mal, por isso nenhum tipo de fanatismo é razoável, pois o excesso de “religiosidade” provoca ódio, soberba, arrogância e essa nunca foi a meta da Palavra de Deus.
Deus não quer excessos; Ele nos capacita com inteligência para que usemos Sua Palavra e o façamos em prol de todos. É preciso apaixonar-se pelas coisas de Deus. Com o coração aberto para acolher a verdade de Deus, façamos dela como semente plantada na terra: germinar para produzir seus frutos; só assim seremos o povo que Deus espera que sejamos, e o ódio, o rancor e o tráfico humano não terão lugar entre nós.
Como estamos vivendo a Palavra que tanto ouvimos? Quais são seus frutos em nós?
Sandro Bussinger Sampaio

2 comentários:

✿ chica disse...

Lindo recado e saber dosar tanto as palavras bíblicas como as outras é preciso! beijos,chica

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
É Ela que me dá força no presente...
Bjm fraterno