terça-feira, 18 de março de 2014

Justiça para todos

Eduque a sua mente para pensar sempre no positivo e a vibrar sempre na polaridade positiva: o bem pode ser aprendido. Quem pensa coisas boas automaticamente fará coisas boas. O profeta Isaías nos ensina a dar um passo à frente, não apenas aprendermos a fazer o bem, como devemos ensiná-lo aos outros: Aprendei a fazer o bem! Procurai a justiça, corrigi o opressor. Fazei justiça ao órfão, defendei a viúva (Is 1,17).  
Nossa tarefa pode ser percebida nos verbos usados pelo profeta: “aprendei”, isto é para nós mesmos; “procurai” também é uma atitude pessoal; “corrigi” aplica-se aos que estão no caminho errado; “fazei” garante à vítima a proteção e a justiça; e por fim “defendei”, que nos ensina a proteger o mais fraco e necessitado.
Busquemos mudar nossa atitude mental para o bem; assim fazendo, com certeza mudaremos nossos atos externos e promoveremos a justiça para todos.
Sandro Bussinger Sampaio

Um comentário:

✿ chica disse...

Se todos fizessem apenas o BEM seria bem melhor e a justiça se faria sempre! A divina, claro, pois a outra, não acredito! bjs,chica