sábado, 12 de abril de 2014

Foi na cruz!

Desde a cura do paralítico (Jo 5,1-16) Jesus foi ameaçado de morte pelos dirigentes judeus, que O acusavam de violar a lei do sábado e se fazer igual a Deus; após o sinal da multiplicação dos pães muitos queriam, a força, aclamar Jesus como rei. As opiniões sobre Jesus se dividiram: os parentes não Lhes davam crédito; entre o povo, uns diziam que Ele era bom, outros, que enganava o povo; na periferia muitos acreditavam em Jesus.
Mas o que mais preocupava os dirigentes é que, após a ressurreição de Lázaro, também em Jerusalém crescia a adesão a Jesus; a preocupação dos sumos sacerdotes era tamanha que decidem matar Jesus. A decisão oficial foi tomada pelo Conselho, reunido pelo sumo sacerdote Caifás, utilizando um argumento político.
Jesus, o Bom Pastor, vai morrer não só pelas Suas ovelhas, mas Sua morte servirá para reunir a todos numa unidade com o Pai. Quando os homens decidem a máxima injustiça, Deus manifesta o máximo de Seu amor, doando Seu Filho para salvar a todos os homens!
Ludovico Garmus


Quer rezar a Via Sacra comigo? 
clique aqui

Um comentário:

✿ chica disse...

Linda mensagem e desejo que teu domingo seja tri legal! bjs,chica