segunda-feira, 7 de abril de 2014

Luz Divina

Eu sou a luz do mundo”, disse Jesus. A luz é o princípio da criação, de visão, do conhecimento e da alegria; ver a luz é sair das trevas. Vendo Jesus, o Filho, nascemos para a nossa realidade de filhos de Deus. Este nascimento é um parto difícil, pois para se chegar ao encontro com a luz, há confrontos e desencontros dramáticos.
Diante do Filho, que se revela como Luz, vem à luz a maldade das trevas; as trevas são mentira que se opõe à verdade, egoísmo que não aceita o amor, morte que mata a vida. Diante da Palavra, duas reações: a dos filhos da luz e a dos filhos das trevas. Os primeiros escutam, confiam, conhecem; seus frutos são respectivamente a verdade, a liberdade e a vida. Os segundos rejeitam, não creem, ignoram; seus frutos são o veneno da mentira, da escravidão e da morte.
Jesus proclama que é a luz do mundo. Sua vida é testemunho do Filho que vem do Pai e vive para o Pai e que comunica aos irmãos a sua identidade perdida. Jesus veio para salvar o mundo com o Seu Espírito.
Pe. Antonio José de Almeida


Quer rezar a Via Sacra comigo?
clique aqui

Um comentário:

✿ chica disse...

Que lindo e essa LUZ deve iluminar nossa vida e caminhos sempre! beijos,linda semana, tudo de bom!( adorei teu comentário lá, bem verdadeiro...)