quinta-feira, 10 de abril de 2014

Partilha e solidariedade

O milagre da multiplicação dos pães está escrito nos quatro Evangelhos e tem uma importância singular para que o povo reconheça o cuidado com as pessoas e a solidariedade do Messias.
Jesus vê a multidão que não tem o que comer, não tem para onde ir; Ele poderia mandá-los embora, pois não tinha obrigação material com o povo. Mas Ele não faz isso, Ele cuida.
Há uma história rabínica que conta a experiência de um homem que vai visitar o céu e o inferno. Ele fica impressionado quando percebe que tanto no céu como no inferno há fartura de comida; e mais, não há restrição alguma. Repara ainda que as colheres são imensas, com longos cabos. No inferno todos estão subnutridos, raquíticos; no céu, todos são saudáveis. O homem não entende... se a comida é a mesma, se não há restrição alguma, onde está a diferença? A diferença está na solidariedade! No inferno, cada um tentava alimentar a si mesmo e, como os cabos das colheres eram imensos, eles derrubavam toda a comida e não conseguiam comer; no céu, ao contrário, um colocava a comida na boca do outro, assim todos se alimentavam.
Alimentar o nosso irmão é parte essencial do cristianismo.
Pe. Marcelo Rossi


Quer rezar a Via Sacra comigo? 
clique aqui

2 comentários:

✿ chica disse...

Alimentar nossos irmãos...Linda mensagem, como sempre aqui! bjs,chica

Maria da Fé disse...

Ótimo post!
Nada nos separa do Senhor, louvai e adorai o Senhor das nossas vidas. http://botefeamor.blogspot.com.br/ Abraços Fraternos.