sexta-feira, 20 de junho de 2014

A quem quero servir?

Jesus nos ensina a construir a paz, a buscar a justiça e a socorrer os que mais sofrem. Ele nos pede que sejamos testemunhas fiéis do Reino e motiva-nos a buscarmos uma nova justiça, capaz de contribuir realmente com a restauração da vida e das relações humanas. Ele propõe um novo olhar sobre a Lei, que deve estar a serviço da vida e nos convoca a reconstruir e renovar as relações com o próximo (servir sem interesse), com Deus (orar com sinceridade) e conosco mesmo (privando-nos de algumas coisas, abrindo-nos para a vontade de Deus).
Jesus nos recorda que a cobiça está na origem de muitos males e nos pede uma decisão, pois onde está nosso tesouro, está o nosso coração; precisamos escolher entre o Reino de Deus e o reino da matéria, pois ninguém pode servir a dois reinos...
Jesus sabe que este projeto de vida não é fácil e por isso alerta: “cuidado com os falsos profetas, com as respostas fáceis! A porta é estreita, mas não desanimem, confiem no Pai. Não digam apenas “Senhor, Senhor”, saibam construir a casa sobre a rocha”.
Como resposta ao Mestre, façamos a oração que Ele mesmo nos ensinou: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém!
Pe. Marcos Daniel de Moraes Ramalho

Um comentário:

✿ chica disse...

Lindo e sábio!!E a oração ao final nos ajuda sempre! bjs,chica