terça-feira, 8 de julho de 2014

E nós, do que falamos?

Em Mt 9, 32-38 vemos que Jesus curou um homem mudo, reintegrando-o na Comunidade, para que assim também pudesse glorificar a Deus; Jesus teve compaixão daquele homem. A fé é uma visão nova da vida, do mundo, de Deus; e quem vê de um modo novo não consegue guardar para si esta experiência. Precisamos ser curados da cegueira da incredulidade e da mudez que nos impedem de anunciar o Evangelho. Fechar-se à Aliança de Deus é negar Seu amor; a maior negação do amor é o pecado.
A palavra dá sentido à realidade, sem ela é o não-senso, o sem-sentido, o caos; a palavra é luz, a palavra tem força e pode ser usada para menosprezar, para construir ou destruir. A palavra é o meio mais eficaz para a comunicação humana. A palavra colhida na fé rompe nossos egoísmos e nos faz reconhecer o amor que liberta e dá vida.
O que dizemos ajuda a edificar a nós e aos outros?
Deus Conosco Dia a Dia

4 comentários:

✿ chica disse...

Beleza de reflexão! Realmente tantas bobagens são ditas que podem nada acrescentar nem pra nós ,nem aos outros. Cuidar de bem empregar as palavras! beijos,chica

Maria Luiza disse...

Deus de amor e Bondade porque em 25 minutos 4xo??? Deus!Em tudo, dai graças! Dou graças a ti, Senhor!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida
Também gostei de lhe encontrar casualmente hoje... legal!!!
Somos todos um pouco inoportunos e isso é triste demais... acabamos por falar o que não devemos... Pena!!!
Bjm fraterno de paz e bem

Anete disse...

Falar com o coração cheio de Amor e Paz... O mundo precisa OUVIR sobre O VERDADEIRO AMOR!!

Mensagem bonita, Tetê...

Não podemos calar, mas precisamos dividir o que de graça temos recebido... Falar com fé e unção do Espírito!
Beijos