domingo, 14 de setembro de 2014

Exaltação da Santa Cruz

A cruz de Jesus, ao mesmo tempo em que mostra a realidade de sofrimento, própria da limitação do ser humano, revela a imensidão do amor divino que, em solidariedade a nós, deixa-se morrer para nos comunicar a vida plena.
Na festa de hoje, Exaltação da Santa Cruz, a cruz não é apresentada aos cristãos na sua dimensão de sofrimento, mas no seu aspecto glorioso; como motivo de orgulho, não de pranto. A Igreja louva com júbilo a Santa Cruz; depois da Sexta Feira Santa, ela sempre será exaltada: transformou-se no sinal da libertação humana, contra o mal, o pecado, o desespero e a derrota total. Por isso, deve ser erguida como um símbolo de esforço, sacrifício e como símbolo de vitória.
O Senhor, o Messias crucificado, salvou a humanidade aceitando o caminho da cruz e Seu amor crucificado foi a nossa salvação; daí a necessidade de entender o valor da Sua morte. Seguir a Jesus quer dizer também aceitar a lógica da cruz, que fez surgir um mundo novo no plano humano.
Frei Luiz H. F. de Aquino

4 comentários:

Anete disse...

Tetê, seja bem-vinda depois de dias de passeios e descanso...
Vi foto sua com Anne Lieri na Bienal... Legal!
Amo a mensagem da Cruz! Bonito texto!...

Beijos

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
A nossa cruz diária fica sob o suporte da Cruz salvífica... Recebemos a Vitória...
Bjm fraterno e ótimo Domingo!

✿ chica disse...

Tetê que bom te ver de volta justo nesse dia. Bela mensagem! Valeu! Como estás? Aproveitaste bem: Bom retorno! bjs, chica(* Tb te vi na Bienal e adorei.Deve ter sido tri!!)

Edite disse...

Olá Tetê, como estás ? Renovada, espero.
Eu hj ouvi pela rede vida uma reflexão sobre a Santa Cruz, exatamente nesse sentido que vc expôs. Exaltar a Santa Cruz e aceita-la como sinal de redenção É lembrar o sacrifício de Cristo por nós. Para chegar à salvação, houve antes o sacrifício, por isso a cruz de Cristo não pode ser esquecida ou relegada a segundo plano. Bjs. Amei o artigo.