terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Espera no kairós

Num terreno abandonado continuavam vegetando, de qualquer maneira, alguns pés de parreira; tinham uma imensa galharia, mas nada produziam. Então, o novo proprietário chamou um especialista para cuidar das árvores. Ao regressar, ficou irritado com o especialista, pois, do seu ponto de vista, ele tinha mutilado e liquidado com as pobres parreiras; havia cortado seus longos galhos e deixara uns miseráveis tocos, que pareciam chorar. Veio a primavera e os galhos brotaram e se encheram de uvas.
A lição da parreira é a lição da vida: “Tudo contribui para o bem daqueles que amam a DeusRm 8,28. As provações, as doenças, os limites - se aceitos - acabam produzindo frutos de maturidade. O coração ajuda a ver além das aparências e, por vezes, é o tempo (Kairós) que revela a verdadeira direção de um fato.
Frei Aldo Colombo


A alegria nos revela o céu, 
mas a dor o conquista”. 
Henri Lacordaire

4 comentários:

Anete disse...

Forte e bonita esta mensagem!
Nada acontece sem a permissão do Todo-Poderoso! Em todas as experiências têm lições e lições...

Um beijo...

Marina Fligueira disse...

¡Hola Teté!!!

Nos dejas una letras que dan para reflexionar.
Dios está en todas las cosas que nos rodean. Es algo que el ser humano no debe olvidar.

Ha sido un placer pasar por tu casita virtual y leerte.
Un abrazo i se muy muy feliz.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Tetê
Estou conquistando o céu passo a a passo...
Bjm fraternal

✿ chica disse...

Linda essa lição,Tetê! Valeu! bjs, chica