domingo, 29 de setembro de 2013

Igualdade e justiça social

O Evangelho desse domingo narra uma parábola de beleza sem igual. Chama a atenção um detalhe muito significativo, que nas narrativas de Jesus talvez seja o único caso: o nome dos personagens. Neste mundo, quem “tem um nome”? Quem é conhecido? De quem falam as colunas sociais? Dos ricos, dos que ficam famosos... Com Jesus acontece o contrário: na parábola o rico não tem nome e o pobre chama-se Lázaro, que quer dizer “o Senhor ajuda”.
A parábola do homem rico e do pobre Lázaro é espelho do que acontece num mundo injusto e profecia do que acontecerá quando ricos e pobres serão igualados pela morte. A simplicidade da cena concentra nossa atenção na importância da mensagem. Os bens são de Deus e devem chegar às mãos de todos.

O Reino de Deus se faz do empenho pessoal e da busca constante de justiça aqui na terra, no meio dos seres humanos. Todos têm “um nome” para Deus, todos têm os mesmos direitos. Os cristãos não podem se conformar com um mundo de desigualdades e ganância. A escandalosa desigualdade grita por justiça e fraternidade e a hora é agora... depois será tarde demais! (Frei Alvaci Mendes da Luz)

Mais sobre o Evangelho de hoje? Laços de Pentecostes 

3 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida amiga Tetê
E Evangelho de hoje é um Apelo também ao Abandono na Divina Providência que tudo provê sem necessitarmos de preocupações com NADA e nos alerta também para termos cuidado com o egoísmo na hora da partilha...
Seu post de hoje no Laços falou sobre tudo isso e é bom que a gente faça uma meditação pessoal de como a Palavra entra em nosso coração e se temos resistência ou não no que ouvimos do Senhor...
Que Deus nos dê força pra partilhar com os mais necessitados sempre e, muitas vezes, são os da própria família nossa!!!
Bjm de paz e bem

✿ chica disse...

Lindo!Pena que os homens não se achem iguais, pensem em superioridades bobas!

beijos praianos,chica

Maria Luiza disse...

Oi, Tetê, boa noite! Meu padre iniciou a homilia dizendo como o que vc postou! Os padres estão bem amparados, graças a Deus, sabem explicar com o que se tem hoje em dia publicado. Estive agorinha lá no Laços ler sua postagem também. Está uma beleza! Trabalhei pra caramba e estou exaurida! Fui! Beijos e linda semana!